As postagens mais vistas:

Informações básicas que podem ajudar, fazendo exercícios cardíacos

Informações básicas que podem ajudar o coração e também a evitar mais medicamentos, elaboradas por um médico naturalista que ensinou dois exercícios e duas ações bem simples que ajudam a evitar problemas cardíacos:
1. Ao acordar, deitado de barriga para cima, pedalar 120 vezes no ar. Esse exercício melhora o posicionamento da coluna e da postura, diminuindo/retardando o encurvamento das costas, aliviando suas dores e, baixando a pressão.

2. Antes do banho, exercitar a panturrilha (levantar o corpo na ponta dos pés), primeiro rápido até esquentar as panturrilhas e depois uma sequência de 10 movimentos lentos. Pronto! Esse exercício bombeia sangue para o coração, melhora os batimentos cardíacos e evita obstrução das veias.
Segundo ele, nos primeiros 6 meses, se a pessoa estiver com excesso de peso, ela emagrece da cintura para cima: depois de 2(dois) anos, não engorda mais! (vou fazer!). Além do mais, diminui o risco de cirurgia cardíaca e melhora o problema de micro varizes. Bingo. Tudo de bom!

3. Escalda pés, já foi famoso e muito usado, por seus vários benefícios. A ele: ao chegar em casa, coloque os seus pés em uma bacia com água bem quente por algum tempo. Além de relaxar, esse processo desencadeia a dilatação dos vasos sanguíneos dos pés, melhora o cabelo e a visão. Ele já foi testado com pessoas diabéticas e o resultado evidenciou melhora na circulação sanguínea, diminuindo os casos de gangrena. Além do que, o quadro geral de saúde dos pesquisados melhorou, e como um fato relevante, a melhora da visão.

4. Pressão. Ao perceber que a pressão subiu, coloque as pernas dentro de um balde  com água muito gelada, até os joelhos se possível. Permaneça nesta imersão por 20 minutos. Esse processo fará com que o organismo, na busca de aquecer os membros inferiores, dirija para lá o acúmulo de sangue na cabeça, baixando a pressão.

Fonte: Guia Saúde do site Jornal Bem Estar


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: